My Click Coach Miami
My Click Coach Brasil

Seja um assinante e receba gratuitamente nossas dicas e informações.

A CULPA POR NÃO TER FEITO, FALADO, TRABALHADO, DESTRÓI MAIS QUE UM FURACÃO

 

 

Eu não tenho a menor ideia de quando começou, não sei quem começou, só sei que afeta a maioria das pessoas.

 

É uma cobrança irritante de si mesmo que parece infinita.

 

Parece que todos nós temos a obrigação de fazermos mais, e mais e mais, mas nunca tudo o que fazemos é suficiente. Colocamos tudo nas nossas agendas, planejamos e não deixamos nenhum tempinho vago. Que perfeito, agenda lotada e assim nos sentimos úteis. Porém, quando não cumprimos a agenda vem aquela sensação de que fizemos algo errado. E, claro que isso só pode ter acontecido por negligência, por irresponsabilidade e a culpa toma conta de nós.

Não é nada difícil ser elogiada por ter trabalhado enquanto se está doente, mas acredito ser impossível ser elogiada por não ter ido trabalhar para poder descansar e não ficar doente. Para mim que trabalho na área da saúde, seria muito mais lógico não ir trabalhar para poder não ficar doente.

 

Mas, as vezes a vida traz um furacão e tudo muda. Não, muda não, para mesmo.

 

Ninguém pode ficar alheio a passagem de um furacão. Você está na sua casa trabalhando com todo gás e recebe a notícia que um furacão nível 5 está vindo na sua direção. Você se preocupa claro, mas ainda pensa, tenho que terminar a avaliação de x clientes e a assessoria de mais alguns. E continua trabalhando. Não adianta, uma amiga te liga e diz...”não tem mais água para vender nos supermercados e os postos de gasolina estão com uma super fila”.

 

Dá aquele friozinho na barriga e a mente voa. Será que vai ser desta vez?

 

Será que ele vem mesmo? Mais uma vez você tenta ignorar. De repente a polícia passa na rua da sua casa “pedindo” para evacuar. Sim, ele vem e trate de sair do caminho, porque ele passa sem pedir licença. Arruma tudo, documentos, ah salva todo o seu trabalho em um HD externo, Deus me livre de perder meu trabalho! Pega o Lap top, pode ser que dê para continuar trabalhando. Algumas roupas, lenços umedecidos (podemos ficar sem banho), comida para o cachorro. Poe tudo no carro e sai, vai para um lugar seguro. A casa de uma amiga lógico.

Ah, os amigos, que poder que essas pessoas têm de fazer um furacão virar uma brisa. Quase uma semana sem trabalhar, sem cuidar da alimentação, sem fazer exercícios, apenas preocupada com a possível destruição e se os amigos estariam bem.

 

Assim que a internet voltou as mensagens não eram de trabalho, eram de solidariedade.

 

Os clientes me procuraram sim, mas não para me questionar sobre a ausência, e sim para saber se estava tudo bem.

Mas, será que precisamos de um furacão para entender o que realmente tem importância na vida? E se eu tivesse tirado uma semana de férias para descansar, será que meus clientes iriam entender a minha necessidade de descansar? Não quero que as lições venham como furacões.

Please reload

Dra. Ivani Manzzo

Dra. Ivani Manzo é PhD em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP - EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Lecionou em Universidades por mais de 20 anos e há 10 anos auxilia as pessoas a terem mais saúde e qualidade de vida, prescrevendo exercícios e orientando a alimentação. Atualmente reside nos Estados Unidos, onde trabalha e ministra palestras. Devido   a sua ajuda especialmente a comunidade brasileira, teve seu trabalho reconhecido sendo premiada como Notável da Flórida do ano de 2016. 

Leia mais aqui

Artigos Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Classic
Entre em Contato

©2015 by My Click Coach LLC

Criado e desenvolvido por Patricia Retamero Alves