My Click Coach Miami
My Click Coach Brasil

Seja um assinante e receba gratuitamente nossas dicas e informações.

QUANDO EU DEVO FAZER ALONGAMENTOS?

 

A prática de exercícios, como todos sabem, traz melhoras na saúde mental e física. Para que a saúde dos nossos músculos seja preservada, eles precisam ser treinados com relação a força, com relação à resistência aeróbica e com relação à sua elasticidade. Vamos falar hoje sobre a elasticidade do músculo.

Os exercícios de alongamento são muito conhecidos e também praticados. É muito comum vermos as pessoas se alongando tanto nas academias como em parques e na praia. Mas, será que estão fazendo da forma correta? Muitas vezes não estão. Vamos esclarecer algumas coisas. Os músculos são estruturas muito plásticas, isso quer dizer que se moldam com facilidade conforme o que fazemos com eles. Se fizermos exercícios com pesos vamos desenvolver força, se corrermos, nadarmos ou qualquer exercício de longa duração, desenvolveremos resistência aeróbica. O alongamento também é influenciado por aquilo que fazemos com os músculos, eles podem se encurtar ou se alongar.

Se fizermos movimentos nos quais os músculos são levados ao seu comprimento máximo, natural, sem forçar, iremos manter o grau de alongamento e isso é muito saudável. Esse tipo de movimento pode e deve ser feito sempre que possível.  Por exemplo, ao espreguiçarmos estamos fazendo alongamento dos músculos envolvidos no movimento e esse hábito é sem dúvida muito bom. Como estamos fazendo movimentos sem forçar, sem promover maior extensão dos músculos, não estaremos causando nenhuma lesão, nem microlesões. No entanto quando fazemos movimentos que forçamos o alongamento, tentado levar os músculos à um grau de extensão maior do que ele conseguiria naturalmente estamos aumentando a flexibilidade, muscular e articular. Nesse momento estamos causando pequenas lesões nos músculos. Essas pequenas lesões não causam danos, desde que sejam pequenas e controladas. Se não forem podem causar estiramentos.

Quando estamos fazendo exercícios, sejam exercícios de força ou de resistência aeróbica, nossos músculos sofrem pequenas lesões. Essas lesões serão maiores ou menores de acordo com a intensidade e o tempo de duração do treino. De qualquer forma, é muito difícil estabelecer o grau de lesão ocorrido. Se ao final de um treino pesado ainda fizermos exercícios de aumento de flexibilidade estaremos adicionando ao músculo já cansado, estressado e possivelmente com pequenas lesões, mais sobrecarga lesiva. Isso pode causar um estiramento muscular.

Então, a regra é muito simples. Se você desejar aumentar a sua flexibilidade, escolha um dia da semana de treino e faça isso separadamente, sem fazer outro tipo de exercício, ou faça apenas exercícios bem leves. E ao final de uma sessão de treino de musculação ou aeróbico apenas alongue seus músculos até o seu comprimento natural. Bom treino!

Please reload

Dra. Ivani Manzzo

Dra. Ivani Manzo é PhD em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP - EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Lecionou em Universidades por mais de 20 anos e há 10 anos auxilia as pessoas a terem mais saúde e qualidade de vida, prescrevendo exercícios e orientando a alimentação. Atualmente reside nos Estados Unidos, onde trabalha e ministra palestras. Devido   a sua ajuda especialmente a comunidade brasileira, teve seu trabalho reconhecido sendo premiada como Notável da Flórida do ano de 2016. 

Leia mais aqui

Artigos Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Classic
Entre em Contato

©2015 by My Click Coach LLC

Criado e desenvolvido por Patricia Retamero Alves