My Click Coach Miami
My Click Coach Brasil

Seja um assinante e receba gratuitamente nossas dicas e informações.

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE A CIRURGIA BARIÁTRICA E A AÇÃO DOS EXERCÍCIOS NO EMAGRECIMENTO?

 

O acúmulo de gordura corporal não é igual para todas as pessoas. A primeira diferença ocorre entre homens e mulheres. Os homens têm uma distribuição de gordura abdominal e central. Isso quer dizer que a maioria dos homens quando engorda terá o acúmulo de gordura na região do abdômen e em volta das vísceras. Sim, a gordura se acumula ao redor dos órgãos, como o coração. Isso ocorre também na mulher que tem acúmulo gordura na mesma região, mas algumas mulheres acumulam mais gordura na região gluteofemoral (quadril e coxas).

A gordura que se acumula na região abdominal e em volta dos órgãos traz muitos problemas de saúde e pode ser muito perigosa. Especialmente aquela que envolve o coração. Essa gordura poderá causar enfartos e acidentes vasculares.

Um estudo1 recente, publicado em janeiro de 2016, analisou os efeitos da cirurgia bariátrica (redução do estômago) e dos exercícios físicos sobre a gordura acumulada em locais importantes do nosso corpo. Nesse estudo foi verificado se houve ou não alteração na quantidade de gordura localizadas ao redor do coração e na região abdominal. Ao redor do coração existem dois locais onde há depósito de gordura. Um chamado de gordura epicardial que fica aderida ao músculo cardíaco e outra chamada paracardial, que fica externamente em relação aos tecidos que envolvem o coração. A gordura abdominal, que os cientistas se referem, está localizada atrás dos músculos do abdômen. Essa gordura deixa a barriga dura e aumentada. Nos homens principalmente ela é muito comum.

Esse estudo foi feito porque a cirurgia bariátrica tem mostrado uma diminuição pequena na quantidade de gordura epicardial (aquela que fica literalmente grudada no músculo cardíaco) comparada a perda de gordura paracardial e abdominal. No estudo foi analisado os efeitos do exercício físico e da cirurgia bariátrica na redução da gordura abdominal, da gordura paracardial e da epicardial.

Os resultados mostraram que tanto os exercícios quanto a cirurgia foram eficientes em diminuir a quantidade de gordura corporal, e em ambos os grupos a gordura que fica aderida ao músculo cardíaco apresentou uma pequena diminuição quando comparada aos outros locais. Como esperado a cirurgia bariátrica promoveu maior perda de gordura corporal que apenas os exercícios, mas aquela gordura que envolve o coração praticamente não diminuiu com a cirurgia e sim com os exercícios.

A não diminuição da gordura epicardial traz alguns questionamentos com relação a cirurgia bariátrica, pois parece que sem o complemento dos exercícios ela parece não diminuir definitivamente os riscos coronários que a obesidade traz. Sem dúvida mias estudos precisam ser feitos até que se possa chegar a uma conclusão. Mas, como sempre digo exercícios bem prescritos não têm contraindicação e nesse caso parece contribuir muito para a diminuição dos riscos cardiovasculares.

Please reload

Dra. Ivani Manzzo

Dra. Ivani Manzo é PhD em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP - EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Lecionou em Universidades por mais de 20 anos e há 10 anos auxilia as pessoas a terem mais saúde e qualidade de vida, prescrevendo exercícios e orientando a alimentação. Atualmente reside nos Estados Unidos, onde trabalha e ministra palestras. Devido   a sua ajuda especialmente a comunidade brasileira, teve seu trabalho reconhecido sendo premiada como Notável da Flórida do ano de 2016. 

Leia mais aqui

Artigos Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Classic
Entre em Contato

©2015 by My Click Coach LLC

Criado e desenvolvido por Patricia Retamero Alves